Os 10 melhores hostels de Amsterdã

Os 10 melhores hostels de Amsterdã

Escolher a sua base de operações entre os melhores hostels de Amsterdã tinha tudo pra ser uma tarefa tranquila, uma vez que a capital holandesa tem mais de 100 espalhados pelos seus principais bairros. Pois é, tinha.

Mas com uma rápida pesquisa no booking.com você cai na real e vê que um hostel em Amsterdã que combine “localização central, boas avaliações e festas épicas” pode pesar mais no bolso que ficar em um hotel econômico na alta temporada. Ou seja, algo entre 60 – 90 euros por uma vaga em dormitório misto, caindo para a metade na baixa temporada. Ainda assim, esses hostels vivem lotados o ano inteiro e é preciso reservar com meses de antecedência para garantir a sua cama na área mais badalada de Amsterdã.

Saindo um pouco do centro e ficando em bairros mais residenciais, os preços caem bastante e ficam entre 20 – 30 euros durante todo o ano, mas você vai ter que garimpar pra ficar em um hostel legal e bem avaliado.

Por ser um destino de festas, Amsterdã presencia uma verdadeira invasão de visitantes nos finais de semana, e a concorrência por hospedagem faz com que sejam raros os hostels que aceitam reservas sem estadia mínima de 2 noites nestas datas.

 

Os Melhores Hostels de Amsterdã

Por entender que, mesmo sendo bem mais caros do que a média, os hostels da região central oferecem uma experiência sem chance de ser encontrada em outros bairros, seria impossível não ocuparem as primeiras posições dessa lista. As opções mais econômicas, estão separadas por bairros que não estejam a mais que 15 minutos de tram ou ferry do Centro de Amsterdã, pra que a sua economia não te custe muito tempo perdido dentro do transporte público.

O número 10 foi a minha nossa escolha, e logo depois dele você encontra um mapa com a localização exata de cada hostel selecionado.

+ O que fazer em Amsterdã
+ Como ir do Aeroporto ao Centro de Amsterdã

Centro

1) Flying Pig Downtown

Qualquer lista dos melhores party hostels da Europa que se preze tem que ter o Flying Pig Downtown nas cabeças. As noites movimentadas e a atmosfera relaxante durante o dia são a receita da popularidade do Flying Pig entre os mochileiros com espírito jovem, e o grande motor dessa fama é pub no primeiro andar da casa, conhecido em toda a cidade pelas festas temáticas épicas e as cervejas com preço imbatível.

Quando o cansaço te vencer, o isolamento acústico dos quartos garante uma noite de sono tranquila. Além disso, tanto os dormitórios, quanto os quartos privativos possuem banheiro privativo e camas confortáveis e travesseiros super macios.

A estadia também inclui cafe da manhã e se você estiver precisando economizar uma graninha, há uma cozinha completa para preparar suas refeições. Há espaços reservados para fumantes (em sentido amplo :mrgreen: ), pra evitar que os outros hóspedes e frequentadores do pub fiquem doidões por tabela.

O Flying Pig Downtown também ostenta uma localização premium, próximo ao Red Light District e a poucos metros da Estação Central, rodeado de bares e restaurantes de diversas culturas, e pelas principais ruas comerciais de Amsterdã. +Ver preços e disponibilidade

 

2) St Christophers Inn at The Winston

Dentro de um cenário exótico próximo ao Red Light District e com um pub dentro do próprio hostel, todo viajante festeiro encontrará no St. Christopher’s Inn at The Winston uma excelente base de operações, no meio do acelerado coração da vida noturna em Amsterdã. A Centraal Station e a Dam Square ficam a poucos minutos de caminhada, e é fácil realizar vários outros passeios culturais com o transporte quase na porta.

Os quartos e dormitórios excêntricos são limpos e surpreendentemente silenciosos, embora algum ruído seja inevitável. Cada um foi decorado por diferentes artistas locais, com estilos que variam desde arte de rua e cultura pop, até desenhos próximos de uma cena pornô leve (o que poderia até ser impróprio, se você não estivesse hospedado a apenas uma quadra do Red Light District).

Além de ser o epicentro da ação dentro do hostel, o Belushi’s Bar concede 25% de desconto para todos os hóspedes, ofertas “2 pelo preço de 1” todos os dias, e um ótimo café da manhã por €4. Os burgers da casa merecem uma menção honrosa, diga-se de passagem. Há espaço reservado para fumantes. + Ver preços e disponibilidade

 

3) Ecomama

Cada detalhe do Ecomama foi projetado combinando sustentabilidade, conforto e conectividade. O Hostel possui um sistema de aquecimento através de pedras naturais, telhado verde, e um sistema de economia de água e redução de desperdícios. Além disso, cada diária dos hóspedes rende €1 para instituições de caridade voltadas ao bem-estar animal e à educação.

A simplicidade dos quartos impressiona positivamente, com comodidades que procuram fornecer “apenas o suficiente”, incentivando os viajantes a compartilhar os espaços da casa e manterem-se conectados. Cada quarto possui uma decoração única, que aproveita materiais da encarnação anterior da casa como agência de viagens: uma cama feita de tijolos vazados, concreto bruto e azulejos coloridos.

Os hóspedes podem descansar, relaxar e socializar em uma tenda “teepee” que também serve como sala de cinema, na área de cozinha comunitária com diversos sofás e cadeiras, e no aconchegante The Fix Café, que oferece uma boa estrutura para quem trabalha remotamente. O trabalho de artistas locais (alguns deles funcionários) fica exposto pelos cômodos da casa. +Ver Disponibilidade e Preços

 

4) Cocomama

Um lustre esquisitão e a grande escadaria central são os únicos resquícios da época em que a casa onde hoje funciona o Cocomama era um bordel. O edifício foi reformado ganhando um design contemporâneo, focado em oferecer bastante conforto e um ambiente mais doméstico, tipo casa de mãe mesmo, só que com um monte de gente estranha e de várias partes do mundo.

A combinação de serviço personalizado, atmosfera acolhedora e descontraída faz com que o Cocomama atraia um público bem jovem, como mochileiros novatos, pessoas em suas primeiras férias sem os pais, e é um dos melhores hostels em Amsterdã para quem quer ter uma primeira experiência positiva e perder o medo (sem sentido) de ficar em hostels.

Todos os quartos possuem um tema tradicional holandês, que expressa a história do país em detalhes modernos, como as tulipas, a cerâmica Delft Blue, e o pintor Van Gogh. Nem os queijos holandeses e a KLM escaparam de receber uma homenagem. +Ver preços e disponibilidade.

 

Museum Kuartier/ Vondelpark

5) The Flying Pig Uptown

Ainda que fizesse muito esforço, o The Flying Pig não conseguiria ficar de fora de nenhuma lista dos melhores party hostels não só de Amsterdã, mas de todo o mundo. “Exatamente tudo que você espera de um hostel em Amsterdã” não seria um mal slogan.

Durante o dia, aproveite que o hostel fica quase dentro do Vondelpark, e dê uma volta na área verde mais famosa de Amsterdã. Mais uns cinco minutos andando e a sua foto no letreiro “I amsterdam” está garantida na Museumplein, onde ficam os principais museus de Amsterdã.

O Hard Rock Café e a agitada vida noturna em Leidseplein são as melhores pedidas para curtir a noite na vizinhança, mas se em algum dos dias você estiver caseiro, o bar do hostel vira a noite lotado de gente do mundo inteiro. + Ver preços e disponibilidade

 

6) Stayokay Amsterdam Vondelpark

Seguindo a linha dos melhores hostels de Amsterdã, o Stayokay Vondelpark tem um ambiente moderno e ocupa um edifício bem peculiar, quase dentro do Vondelpark, a área verde mais cênica de Amsterdã. Além de ser perfeito para quem curte um pouco de natureza no meio da cidade, fica quase ao lado de outras atrações, como a Heineken Experience, a Museumplein e a Leidseplein, um dos grandes expoentes da vida noturna em Amsterdã.

Muitos quartos possuem vista para o Vondelpark e as opções vão desde duplos, triplos e quádruplos, até dormitórios para 12 pessoas e quartos para famílias, todos com banheiros privativos (mas você deve trazer a sua própria toalha). Mesmo sendo um dos maiores hotels da Europa, a limpeza dos ambientes é impecável.

Um ótimo café da manhã, repleto de produtos orgânicos e adquiridos através de comércio justo, está incluído no valor da diária. Há um bar e restaurante na recepção, com uma mesa de sinuca e drinks especiais, ótimo para relaxar e socializar nos momentos de descanso. Alugando uma bike na recepção, você pode pedalar pela cidade no melhor estilo local. + Ver preços e disponibilidade

 

Amsterdam Oost

7) Generator Amsterdam

Construído entre as árvores do Oosterpark, o antigo prédio da faculdade de zoologia da Universidade de Amsterdã foi cuidadosamente adaptado para se tornar a melhor combinação de design, funcionalidade e preço que um hostel pode oferecer na cidade.

O antigo anfiteatro teve o formato multinível preservado e foi transformado em um lounge, onde o tablado foi transformado em um bar. A velha biblioteca virou um espaço de relaxamento e a sala da caldeira esconde um bar noturno.

Coffee labs, degustações de cerveja e sessões de cinema são apenas algumas amostras do que eles aprontam pra juntar os hóspedes. + Ver preços e disponibilidade

 

8) Stayokay Amsterdam Zeeburg

Fora da eixo principal da cidade, essa unidade da rede Stayokay é um dos melhores hostels de Amsterdã para quem quer fugir de toda a movimentação da região central nos momentos de descanso, sem se afastar das principais atrações. De bicicleta ou de tram, em 15 minutos você chega à Dam Square.

O imenso prédio, que mais parece um hotel quando visto de fora, é compartilhado com uma loja de aluguel de bicicletas e com o Studio K, um espaço multifuncional onde funcionam um excelente restobar, cinema e teatro. Os dormitórios são bem modernos e os privados possuem estrutura até para famílias como bebês.

A localização no tranquilo e residencial lado leste da cidade, fora de qualquer roteiro turístico, surpreende pela boa quantidade de bares e restaurantes e dá um sabor da realidade multicultural da cidade, revelado por exemplo em uma simples ida ao Dappermarkt+ Ver preços e disponibilidade

 

Amsterdam Noord

9) ClinkNOORD

Depois do sucesso em Londres, a rede Clink Hostels resolveu cruzar fronteiras e inaugurou o ClinkNOORD em Amsterdã. Localizado em um antigo laboratório da década de 1920 no distrito de Overhoeks, em Amsterdam Noord, o design do ClinkNOORD é bastante moderno e criativo, e preserva os impressionantes vitrais do projeto anterior do edifício.

A cena social da casa é absolutamente fantástica. Além de drinks e pratos pra ninguém botar defeito, a agenda do ZincBAR e do CatalystCAFÉ está sempre cheia de eventos com bandas tocando ao vivo, DJ’s e performances. Fica fácil conhecer gente nova e relaxar um pouco aproveitando o pátio espaçoso, a biblioteca, e uma galerias para exposições de arte local.

Os quartos são bastante acolhedores e confortáveis, com isolamento acústico e até mesmo os dormitórios são quase todos equipados com banheiro privativo. O bom numero de quartos privados faz com que o ClinkNOORD seja um dos melhores hostels para casais em Amsterdã. Uma cozinha completa está à disposição para você preparar as suas refeições, caso queira. + Ver preços e disponibilidade

Bos en Lommer

10) WOW Amsterdam

O WOW Amsterdam oferece não só um lugar para ficar, mas uma comunidade para participar. Além de ser o endereço de vários eventos relacionados com a cena artística contemporânea de Amsterdã, o WOW funciona também como uma incubadora de arte, onde artistas promissores do mundo todo encontram espaço para moradia, trabalho e exposição durante o tempo de residência.

Além de espaços voltados para a arte, há também uma fazenda urbana no pátio principal do prédio, que serve como como laboratório de técnicas de plantio em áreas urbanas, e um ótimo restaurante aberto também à vizinhança, onde todos os dias é montado um cardápio diferente, com pratos feitos com ingredientes frescos, ao custo de € 7,50 cada.

Cada quarto é dominado por uma cor primária, dando a sensação de que você está dentro de uma obra do pintor holandês Mondrian, e vão desde luxuosos quartos privados com camas de casal e vista para o pátio, a dormitórios para 4 a 12 hóspedes, espalhados pelo imenso prédio. Um café da manhã super reforçado é servido todo os dias no restaurante e já está incluído no valor da diária. + Ver preços e disponibilidade

Este post faz parte do nosso Guia de Hostels Europeus, que te dá as melhores opções para se hospedar em locais econômicos, com bom astral e qualidade nas principais cidades do velho continente.

Engenheiro Bioquímico por formação, Carioca por vocação, 30 anos. 11 em cada 10 sonhos seus envolvem nomadismo e lugares pouco convencionais ao redor do mundo. Uma hora ele acaba realizando.