Como ir do Aeroporto de Ezeiza ao Centro de Buenos Aires

Como ir do Aeroporto de Ezeiza ao Centro de Buenos Aires

Atualizado em 03/10/2018 – Diferente do Aeroparque, que fica dentro do centro de Buenos Aires, aproximadamente 40 Km separam o Aeroporto de Ezeiza da capital, o que faz com que um dos primeiros itens do seu planejamento seja decidir de que forma você irá de lá até o local onde se hospedará.

Por ser a principal porta de entrada para vôos internacionais, tem melhor estrutura dentre os aeroportos de Buenos Aires e segundo as suas necessidades de conforto, preço e rapidez, você pode escolher o seu transporte entre: táxis oficiais, uber, remis, ônibus e trânsfer compartilhado.

Aqui, preparamos um guia com todas as informações sobre como ir do Aeroporto de Ezeiza para o Centro de Buenos Aires de forma segura, apenas com meios recomendados e também com dicas para evitar cair nos famosos golpes aplicados pelos maus taxistas.

OBS: Todos os preços listados são referentes à cotação Real x Peso em 03/10/2018, data da última atualização deste artigo.

TÁXIS

A empresa de táxis autorizada a operar no Aeroporto de Ezeiza é a Taxi Ezeiza. A corrida entre Ezeiza e os bairros do centro de Buenos Aires e custa 995 ARP (R$110), e 1020 ARP (R$114) se for até o Aeroparque. O retorno de qualquer bairro de Buenos aires para o Aeroporto de Ezeiza é mais barato, custando 850 ARP (R$95). O pagamento pode ser feito em Reais, Dólares ou Pesos, direto no guichê da Taxi Ezeiza (os taxistas da empresa não recebem pagamento de corridas) que fica em frente ao Mc Café da área de desembarque.

+MAIS: Ofertas de hotéis em Buenos Aires

Diferente dos táxis comuns que são pretos e amarelos, os carros da Taxi Ezeiza são Brancos com um detalhe azul na porta.

taxi ezeiza

Ao contrário dos táxis comuns que são pretos e amarelos, os carros da Taxi Ezeiza são Brancos com um detalhe azul na porta.

Evitar fazer corridas com os taxistas que ficam aos gritos oferecem o serviço na área de desembarque é uma das principais dicas para quem chega à Buenos Aires, já que a fama dos taxistas de rua de lá não é nada boa, vide inúmeros relatos de aplicação de golpes com notas falsas, taxímetro adulterado, ou aquela famosa esticadinha no trajeto.

Prefira sempre usar os táxis oficiais para evitar estas situações.

+MAIS: 5 dicas para não ser enrolado por taxistas em Buenos Aires

+MAIS: Confira nossa seleção com 10 hostels incríveis para se hospedar em Buenos Aires

 

UBER E CABIFY

O UBER chegou em Buenos Aires causando aquela reação já provocada em várias outras cidade do mundo: ganhou o coração dos clientes, e o ódio dos taxistas. Depois de muita polêmica, o governo argentino resolveu proibir o uso do aplicativo na cidade.

Mas na prática o serviço continua sendo largamente utilizado, principalmente por visitantes. Normalmente, os motoristas, pedem para que você se sente no banco da frente para aparentar ser um conhecido e vão driblando a fiscalização local.

Para pedir um Uber do Aeroporto de Ezeiza para o Centro de Buenos Aires, você pode se conectar ao Wi-Fi gratuito da área desembarque, e solicitar a corrida utilizando o mesmo aplicativo que usa no Brasil. Normalmente o ponto de encontro é a calçada aonde fica a varanda do Mc Café.

A corrida (UberX) até o Obelisco custa entre 450 (R$50) e 600 ARP (R$67) na tarifa normal, mas pode beirar os 950 ARP (R$ 106) se estiver dinâmica. O pagamento pode ser feito com carão de crédito internacional, dinheiro (em Pesos Argentinos) ou Paypal, e não é possível agendar a corrida com antecedência.

No caso do Cabify, o serviço é totalmente regulamentado, permite agendamento, mas é tão caro quanto um remis. A corrida até o obelisco gira em torno de 1200 ARP (R$ 133).

 

REMIS

Mesmo antes da era dos aplicativos, os táxis já tinham um concorrente forte na Argentina: os remises. Na prática, o remis é um carro de transporte particular sem taxímetro, onde as empresas que oferecem o serviço trabalham com trajetos e preços fixos.  O serviço é totalmente regulamentado, e as empresas autorizadas a oferecer o remis no Aeroporto de Ezeiza são: World Car, Vip Cars, Manuel Tienda León e Transfer Express.

Normalmente, a Tienda León tem o melhor preço, cobrando 1250 ARP (R$140) pra te levar do Aeroporto de Ezeiza até a porta do seu hotel. O valor é pago antecipadamente nos guichês das empresas.

remis ezeiza buenos aires

O serviço pode ser contratado nos guichês localizados na área de desembarque.

VANS

Há duas empresas que fazem o serviço de transporte de passageiros com vans em Ezeiza. A primeira é a Aerobus SRL, que presta um serviço ótimo saindo a cada 30 minutos tanto do Aeroporto quanto do Centro, na Avenida Belgrano, 254 (próx. à esquina com a Avenida Paseo Colón). Os preços são muito mais baratos que os táxis e os remises, partindo de 50 ARP para clientes sem bagagem e 90 ARP para clientes com até 2 bagagens. O único inconveniente é que o serviço só é prestado em dias úteis, de 8 até as 18 horas.

Se você irá se hospedar em um hostel ou perto de algum, considere utilizar os serviços da Hostel Shuttle Buenos Aires. O preço também é uma barganha. 10 US$ para ir do aeroporto aos hostels e 16 US$ para o retorno ao aeroporto de Ezeiza. Novamente, a disponibilidade é o inconveniente ( Que pode ser evitado, já que você pode fazer a reserva pelo site), pois são feitas apenas 4 saídas diárias em cada sentido. O ponto de encontro é sempre em frente ao deck do Mc Donald’s do terminal A do Aeroporto de Ezeiza e para o retorno, no site há uma lista de hostels onde a van faz as paradas.

post de ezeiza ao centro de ba

Ponto de Encontro da Hostel Shuttle no Aeroporto de Ezeiza

ÔNIBUS

Para ir de ônibus do Aeroporto Ezeiza até o Centro de Buenos Aires, você tem duas opções:

  • Ônibus executivo da Manuel Tienda León: faz o trajeto desde Ezeiza até o Terminal Madero, que fica colado na Estación San Martín, de onde você pode pedir um UBER e completar a viagem até o seu hotel. O serviço custa 320 ARP (R$ 36) nos dois sentidos, e todos os ônibus possuem ar-condicionado, poltronas confortáveis e wi-fi pra você já chegar em Buenos Aires conectado 🙂
  • Linha 8 Semi-Rápida (ônibus comum): Sem sombra de dúvidas, a opção mais barata de todas, fazendo a ligação entre o Aeroporto de Ezeiza até o cruzamento da Avenida de Mayo com a Calle Chacabuco, no Centro em aproximadamente uma hora.

A passagem custa apenas 19,70 ARP (R$ 2,20), e o motoristas só aceitam o pagamento em moedas ou com a Tarjeta SUBE (o Rio Card/ bilhete único deles), que pode ser adquirida na loja da SUBE na área de desembarque, e carregar nas máquinas de auto serviço que ficam próximas.

Os ônibus rodam de 6 às 21h no sentido Aeroporto x Buenos Aires, e das 7 às 21h da capital para o Aeroporto, em ônibus com ar-condicionado, sem espaço extra para bagagens e adaptados para passageiros com mobilidade reduzida.

onibus ezeiza buenos aires

Fique esperto para usar apenas o Semi-Rápido, pois ainda funciona o tradicional serviço regular da Linea 8, que faz o trajeto entre o Aeroporto e La Boca, parando em todos os pontos possíveis e dando volta em meio mundo, em uma viagem que dura mais de duas horas.

+LEIA MAIS: Todos os posts sobre Buenos Aires que já publicamos

Toda vez que você utiliza os serviços dos nossos parceiros através dos links disponibilizados aqui no site, nós ganhamos uma comissão por ter colocado você em contato com eles. Isso não gera nenhum custo adicional no preço final do serviço e de quebra você ajuda o blog a crescer e se manter.

Créditos da imagem destacada: Flodgrip’s World (Flickr) – CC BY SA 2.0

Engenheiro Bioquímico por formação, Carioca por vocação, 30 anos. 11 em cada 10 sonhos seus envolvem nomadismo e lugares pouco convencionais ao redor do mundo. Uma hora ele acaba realizando.