Diário de Bordo - Torres del Paine - Rumo ao Mirador de Las Torres

Diário de Bordo – Torres del Paine – Rumo ao Mirador de Las Torres

E chega a hora da verdade. Depois de um longo período de recuperação de uma fratura parcial no joelho, surge a oportunidade única de fazer o Circuito W, no Parque Nacional Torres del Paine, na Patagônia Chilena.

Após uma chegada e noite agradáveis no Refúgio Torres Central, de onde o objetivo do dia já pode ser avistado, mesmo que de bem longe, era hora de começar essa longa caminhada que, de primeira, parece mais um “Congresso Mundial de Trilheiros” ou talvez uma “Copa do Mundo do Trekking”, tamanha a quantidade de países representada pela galera que visita o parque.

Torres del Paine-2

Planejamento

O planejamento do primeiro dia de trekking envolve levar toda a sua bagagem até o Refúgio El Chileno (onde você pode fazer uma parada estratégica para o almoço) e de lá em diante, seguir até o Mirador de las Torres apenas com uma mochila de ataque pequena, levando a comida, equipamento fotográfico e agasalho.

O trecho até o El Chileno é o único no qual a água será escassa (são necessários 2 litros para não passar nenhum perrengue), pois há pouquíssimos pontos aonde a água desce em riachos para que você possa encher a garrafa. Em todos os outros pontos você precisará apenas de uma garrafinha para que possa aproveitar a água do parque que, além de ser super limpa e potável, também é muito abundante.

Esse é o único dia em que não é tão necessário acordar muito cedo. Saindo até as 10 hs da manhã é possível cumprir o dia até com certa folga.

Missão 1: O Mirador de Las Torres

Uma coisa que o clima de Torres del Paine vai te ensinar desde o primeiro momento é o significado da palavra aleatoriedade. No espaço de poucas ou até mesmo uma hora você pode passar por momentos de chuva, céu aberto com sol escaldante ou então uma ventania absurdamente forte.

Torres del Paine-27

Torres del Paine-28

O trecho entre o Refúgio Paine Grande e o El Chileno é o mais pesado do dia, pois além de ser todo feito com a cargueira nas costas, há uma subida longa e demorada. Digamos que é um ótimo teste pra saber se você realmente sabe o que foi fazer por lá.

Na parte mais alta do trajeto, você começa a compreender o porquê desse lugar ser tão buscado por gente do mundo todo. A vista do começo do Lago Nordenskjold e do belíssimo Vale do Rio Ascêncio dão sentido à todo cansaço que você já acumula nessas primeiras horas. Pode também deixar a vista se perder um pouco, ao descansar avistando a imensidão do deserto deixado para trás antes de chegar ao parque, ainda próximo. Ali sim, você ganha a noção de que os próximos dias serão inesquecíveis. E começa a descer também, o que é muito importante. =D

parque nacional torres del paine patagonia chile

Torres del Paine-9

Algo que você nota desde o primeiro trecho é que um ser humano normal com uma cargueira nas costas não consegue cumprir o tempo previsto pelos mapas da CONAF e da Fantastico Sur. Gente normal demora pelo menos uns 30 minutos a mais.

Na descida até ao Refúgio El Chileno, você deve tomar cuidado pois a parede de granito à sua esquerda em constante erosão, pode soltar alguns pedaços maiores de pedra. Chegando ao refúgio, o esquema é um almoço rápido e seguir até o objetivo do dia que é chegar até o Mirador de Las Torres.

O caminho agora segue por um longo bosque, um tanto fechado e frio. Nessa parte é possível caminhar bem rápido, pois não há grande dificuldade  e a trilha é, em geral, bem larga. E assim segue até a ponto que dá acesso ao Acampamento Torres.

Torres del Paine-30

Torres del Paine-13

Nesse ponto, você chega à uma área totalmente aberta e já está bem próximo do Mirador, porém os poucos metros que faltam são percorridos em uma subida um pouco íngreme, por dentro de um barranco lotado de pedregulhos e com muito, mas muito vento. O verdadeiro caminho das pedras!

Um óculos ajuda muito nesse ponto, já que o vento forte faz subir muito pó de cascalho, o que atrapalha muito a visão.

Torres del Paine-15

Torres del Paine-16

A sensação de chegar no Mirador de las Torres é indescritível. Chegar à paisagem mais sonhada, desde os primeiros passos do planejamento, logo no primeiro dia pode parecer que tudo começou pela sobremesa. E quem se importa? rs.

Mas pra mim, foi a deixa de que dias incríveis estavam por vir e que todo esforço, seja ele físico, financeiro ou de planejamento já estavam valendo a pena. E em cada metro percorrido em diante, você tem a oportunidade de descobrir que o Parque Nacional Torres del Paine pode ir muito além do óbvio e cada dia reserva uma beleza diferente.

Torres del Paine-19

Torres del Paine-21

Esse trecho do Circuito W é o mesmo que muitos turistas percorrem em visitas de um único dia em Torres del Paine, o Full Day. E impressiona a quantidade de famílias com crianças pequenas e idosos percorrendo o caminho até o mirador de las torres. O lugar é tão impressionante e bonito que não vi uma criança sequer reclamando ou chorando. Todas aproveitavam e curtiam muito a oportunidade de conhecer um lugar que mal sabem ser tão mítico, e tão cedo.

Torres del Paine-26

Na nossa sessão Diário de Bordo, contamos todo o nosso roteiro ao mesmo tempo que trazemos o relato da nossa aventura percorrendo o Circuito W em Torres del Paine, realizado em Fevereiro de 2015, utilizando os serviços da Fantástico Sur. Além deste, temos mais quatro capítulos:

Dia 1 – Punta Arenas x Puerto Natales x Torres del Paine (Em Atualização);

Dia 2 – Rumo ao Mirador de Las Torres del Paine

Dia 3 – Na Companhia do Lago Nordenskjold

Dia 4 – Glaciar Francés e Mirador Británico

Dia 5 – Mirador Grey e retorno para Puerto Natales

E para te ajudar a planejar a sua ida ao parque, no nosso Guia Torres del Paine você encontrará as informações necessárias de forma prática e objetiva.

Engenheiro Bioquímico por formação, Carioca por vocação, 30 anos.
11 em cada 10 sonhos seus envolvem nomadismo e lugares pouco convencionais ao redor do mundo. Uma hora ele acaba realizando.