Conheça os tipos de passes de trem na Europa e veja se vale a pena comprar

Conheça os tipos de passes de trem na Europa e veja se vale a pena comprar

Passes de trem para andar deliberadamente (com muitos asteriscos e letras minúsculas) pela Europa raramente são vantagem hoje em dia, dado que as aéreas low cost, como o próprio nome já indica, reduziram bastante o preço das viagens de avião no velho continente.

Como eu sempre digo, quando você está viajando o tempo também é moeda corrente, e perder horas e mais horas em viagens de trem, quando uma viagem de avião faria o serviço na metade do tempo (e inúmeras vezes por um preço menor) com toda certeza não tornarão a sua viagem nem um pouco melhor, a menos que você realmente queira muito só andar de trem na Europa e tenha tempo pra isso.

7947842080_c5460d43e8_z

Créditos da Imagem: Matthew Nichols (via Flickr)

Mas como no mundo das viagens quem pesquisa e calcula é rei, antes de decidir comprar os bilhetes avulsos ou um passe, é necessário definir qual meio de transporte é a melhor opção para realizar cada um dos seus deslocamentos.

Uma ótima ferramenta para comparar tanto preço, quanto o tempo de viagem entre trem, aviões e ônibus é o site GoEuro. Uma vez que você já idealizou o seu roteiro e sabe quais deslocamentos você fará dentro da Europa, é só pesquisar trecho a trecho no site, qual meio de transporte te dará o melhor custo benefício.

Tipos de Passes de Trem

Já sabendo quantas viagens de trem precisará fazer, você precisa decidir se irá comprar um passe de trem ou bilhetes avulsos. Os passes são classificados de duas formas. Uma é quanto à quantidade de países que você deseja ter a liberdade de visitar, já a outra é de acordo com a frequência/flexibilidade que você deseja ter para viajar.

Em relação à quantidade de países, existem os seguintes tipos de passes de trem:

GLOBAL PASS | Com ele você tem direito a andar de trem em 28 países da Europa durante o tempo de validade do bilhete. A exceção mais notável são os países do Reino Unido, que não fazem parte do Tratado de Schengen.

SELECT PASS | Com ele você faz as suas viagens em 2, 3 ou 4 países, desde que façam fronteira entre si. O países que compõem o Benelux (Bélgica, Holanda e Luxemburgo) contam como se fossem um só. Da mesma forma ocorre com Croácia e Eslovênia, e com Sérvia e Montenegro, cada dupla agrupada e valendo como um só país na emissão dos passes.

ONE COUNTRY PASS | Provavelmente o mais vantajoso de todos. Com ele você faz viagens ilimitadas dentro e um único país, em um determinado período de tempo. Ideal para quem quer explorar aquele país preferido, fazendo várias paradas no meio do caminho.

Cada um desses tipos de passes podem ser adquiridos de acordo com a duração da sua viagem e a frequência com a qual você fará suas viagens de trem dentro da Europa.

Já com relação à frequência e a flexibilidade das viagens, existem duas opções:

CONTINUOUS PASS | Se você não faz a mínima ideia de quais são os dias em que você vai embarcar, quais paradas você vai querer fazer no meio do caminho. Enfim, se você quer liberdade total para pegar um trem à qualquer hora e ir pra onde quiser, dentro de um determinado período de tempo, esse é o melhor passe pra você.

Obviamente que essa flexibilidade toda custa bem mais caro.

FLEXI PASS | É o passe ideal para quem já sabe, dentro de um período de tempo, em quantos dias será necessário utilizar o passe para embarcar nos trens europeus. Por exemplo, se eu vou ficar um mês viajando por vários países, mas só vou utilizar trem em 10 dias específicos, esse é o melhor passe de trem.

Nesse caso é importante registrar todas as datas em que o passe foi utilizado. O processo é bem fácil, já que é só você anotar as datas em que está utilizando o passe e mostrar para o fiscal do trem quando ele passar.

passe de trem na europa

Créditos: The Savvy Backpacker

Como comprar passes de trem na Europa?

Hoje já existem sites totalmente em Português que facilitam a vida do viajante brasileiro que deseja comprar um passe de trem para viajar pelos países da Europa. O ideal é que você compre direto no site da Eurail, que é a operadora oficial de passes de trem europeus.

Agora…é vantagem comprar o passe de trem?

A grande verdade é que na maioria dos casos a resposta é não, quase sempre é difícil rentabilizar o valor investido em um passe de trem. Mas da mesma forma que ocorre com os passes de atrações turísticas, é útil você fazer a comparação entre quanto você pagaria comprando cada bilhete ponto a ponto, de forma avulsa, e qual seria o valor de um passe que englobe todos os deslocamentos que você precisa realizar de trem.

Normalmente, a partir de 4 viagens abre-se a chance de um passe valer a pena.

Outros pontos que devem ser levados em consideração para a escolha entre passes e bilhetes avulsos é que a sua vida não está 100% resolvida (tanto pro bolso, quanto pra logística) com a compra do passe. Diversos percursos exigem a reserva antecipada do assento, que é cobrada. Especialmente no caso dos trens de alta velocidade e nos trens noturnos, e em alguns outros trajetos regionais em alta temporada.

Ao pesquisar os seus trechos já é possível saber se é necessário fazer a reserva:

passes-de-trem-europa-2

Clicando aqui você confere todas as taxas de reserva aplicáveis a trens regionais, internacionais e noturnos (em Português). Obviamente que esses valores tem que entrar na sua conta do “vale ou não vale a pena”.

Meu caso como exemplo: Dos 5 trechos internos que precisei comprar (Madrid x Barcelona/ Amsterdã x Paris), apenas 2 bilhetes de trem eram necessários para realizar meus deslocamentos de forma rápida e econômica. O custo total dos dois bilhetes foi de 128 euros (compra com pouquíssima antecedência).

Pesquisando os passes disponíveis, só dois se encaixavam aos meus trechos, que eram o Global Pass ou o Select Pass de 3 países (Espanha e Holanda não fazem fronteira, impossibilitando a compra de um de 2 países), ambos no esquema de utilização 5 dias em 2 meses.

O Global Pass ficou assim:

passes-de-trem-europa-4

Já o Select Pass, ficou um pouco menos caro, mas longe de parecer vantajoso:

passes-de-trem-europa-3

É bom lembrar que o Eurostar e os trens turísticos/panorâmicos também deve ser comprados à parte, já que não estão disponíveis para utilização via passe.

Créditos da imagem destacada: Unsplash (via Pixabay)

Engenheiro Bioquímico por formação, Carioca por vocação, 30 anos. 11 em cada 10 sonhos seus envolvem nomadismo e lugares pouco convencionais ao redor do mundo. Uma hora ele acaba realizando.