Guia prático para visitar as principais vinícolas de Santiago do Chile

Guia prático para visitar as principais vinícolas de Santiago do Chile

As vinícolas do Chile são praticamente parques de diversão para quem não dispensa uma boa taça de vinho, e muitas abrem suas portas para mostrar sua história, ensinar um pouquinho sobre a produção da bebida e aquela parte que certamente não pode faltar: as degustações.

Com a ajuda de guias experientes e sommeliers, simples mortais como eu, que de vinho só entendem mesmo é de beber, podem voltar pra casa cambaleando sabendo um pouquinho mais sobre o assunto e até arriscando uma harmonização sem a ajuda do Google pra impressionar os amigos. :mrgreen:

O Clima Perfeito

A receita do sucesso é a barreira natural imposta pela Cordilheira dos Andes, os climas extremos da Patagônia Chilena e do Deserto do Atacama, e o Oceano Pacífico. Uma espécie de “quadrado mágico” escalado pela natureza, que cerca o país, protegendo as plantações de pragas externas e produzindo condições climáticas semelhantes à mediterrânea. Uma combinação perfeita para o cultivo de uvas dedicadas à produção vinícola no Chile.

Situada no Valle del Maipo, uma das regiões produtoras de vinho mais importantes do mundo, Santiago oferece uma mistura interessante de enocultura e as paisagens desenhadas pelas vinícolas e a Cordilheira dos Andes.

+MAIS: Todos os posts sobre Santiago do Chile no Uma Esquina.

+MAIS: Ofertas para hospedagem em Santiago.

7189689754_374d852906_kCréditos: Carlos Varela (Flickr) – CC BY 2.0

Todas acessíveis facilmente combinando metrô com ônibus ou pequenas corridas de táxi.

Em todas os passeios são guiados em Inglês e Espanhol. Porém, como a presença de turistas Brasileiros no Chile é muito forte, a opção de guia em Português é aberta para grupos fechados.

Selecionei 4 vinícolas chilenas que oferecem, além das visitas tradicionais, algumas experiências únicas para quem está em Santiago do Chile e quer ter um contato diferente com .

Viña Undurraga

Mais básico e tradicional, o Tour Sibaris (1h15 min./ $11.000 CLP) leva os visitantes para uma visita completa aos jardins da propriedade, vinhedos, área de produção, jardim de variedades de uvas, e pelas lendárias adegas subterrâneas. Para finalizar a visita, três vinhos reserva são servidos durante uma rápida sessão de degustação (de diferentes linhas, de acordo com a disponibilidade) e ao final, você é presenteado com uma taça de recordação.

Quem participa do Tour Privado Founder’s (1h 30 min./ $28.000 CLP) conta também com uma degustação extra de 4 vinhos Reserva Premium, harmonizados com uma variedade de queijos e frutos secos. As reservas devem ser feitas com 3 dias de antecipação, e é necessário entre 3 e 8 pessoas interessadas para a realização.

O que torna a visita à Viña Undurraga diferente é a experiência especialmente particular e intimista, onde rodeados pela paisagem do entorno, os casais podem se desligar um pouco do mundo fazendo um picnic ($15.000/ casal) no parque centenário da propriedade, que inclui 1 garrafa de Espumante Brut e uma seleção de queijos finos.

undurragaCréditos: Fábio Penna (Flickr) – CC BY 2.0

Organizando a visita…

INGRESSOS | As reservas podem ser realizadas pelos e-mails pjerez@gvp.cl (Tour Sibaris) ou visit@undurraga.cl (Tour Privado e Picnic). A resposta é bem rápida.

COMO CHEGAR | Para ir do centro de Santiago até a Viña Undurraga você tem que pegar o metrô até a Estación Central  (Linha 1 – Vermelha). Ao sair do metrô procure as placas que apontam para o Terminal San Borja, que é uma rodoviária que fica no 2º andar de um mercado popular. No Terminal, procure pelo ônibus da Flota Tagalante, que vai para (advinha) Tagalante. A tarifa custa $1000 CLP e você paga direto ao motorista.

Avisando ao motorista que você está indo para a Viña Undurraga, ele te deixa na porta da vinícola.

Viña Santa Rita

Ao todo são sete tipos de passeios diferentes pela vinícola. O meu preferido é Bike and Wine, que como o próprio nome já diz é um passeio de bicicleta pelas belas paisagens da vinícola, e para deixar o programa ainda mais saudável, a linha escolhida para a hora da degustação é a Nativa, linha de vinhos orgânicos da casa.

Quem achar que não vai dar conta de pedalar sozinho depois de algumas taças de vinho, pode passear pela Santa Rita no Pedal Bar, um bar sobre rodas adaptado para até 10 pessoas pedalarem ao mesmo tempo, enquanto a degustação é realizada.

Uma experiência mais exclusiva é oferecida através do Tour Premium, onde é possível conhecer locais da propriedade que até pouco tempo eram um privilégio de poucos, como Parque Centenário, onde ficam o Casa Real Hotel e uma linda capela em estilo neogótico.

Uma versão especial do Tour Premium é o Tour Carmenére, todo dedicado à variedade que até o início década de 90 acreditava-se no mundo todo estar extinta, mas foi redescoberta casualmente na mesma região onde hoje está a Viña Santa Rita.

No Tour Ultra Premium, um especialista em vinhos te leva para conhecer absolutamente o que você quiser dentro da propriedade, e o passeio pode ser feito de charrete.

Além do restaurante e do café, a Viña Santa Rita ainda abriga o Museu Andino, com uma exposição permanente de antiguidades do período pré-colombiano, e o já citado Hotel Casa Real, que desde 1996 passou a oferecer uma experiência ultra exclusiva: ficar hospedado no casarão onde morou o fundador da vinícola, Domingo Fernández Concha e sua família.

Viña Cousiño-Macul

logo cousino macul

TOUR BÁSICO: Você vai passear pela história da vinícola através de diferentes setores aonde o vinho era processado no início do século XIX. A visita inclui os vinhedos, a bodega centenária, o museu e a atual bodega aonde ganha vida o ícone Lota. Inclui também duas degustações e uma taça de presente.

(Duração: 45 minutos/ Preço: $9.000 CLP por pessoa)

TOUR PREMIUM: Além de todas as atrações do tour básico, também há a degustação de mais duas variedades de vinhos da linha reserva e também do rótulo Finis Terrae, que faz parte da linha premium da Cousiño-Macul. Inclui 5 degustações, tábua de queijos e uma taça de presente.

(Duração: 1 h e 30 min./ Preço: $18.000 CLP por pessoa)

COUSINOCréditos: JB (Flickr) – CC BY 2.0

RESERVAS: Um dia de antecedência pelo e-mail ventas@cousinomacul.cl ou diretamente pelo site da vinícola.

COMO CHEGAR: Pegar o Metrô da Linha 4 (azul) até a estação Quilín. Da estação até a porta da vinícola, você tem que pegar um táxi, que não eve custar mais que $3000 CLP.

Outras informações em www.cousinomacul.com

Concha y Toro

TOUR TRADICIONAL: O tour tradicional inclui a caminhada pelos bosques e parques da vinícola, a visita guiada às bodegas (incluindo a lendária bodega subterrânea do Casillero del Diablo), ao vinhedo Pirque Viejo, jardim de variedades de uvas, duas degustações de vinhos premium e uma taça de presente.

(Duração: 1 hora/Custo: $8000 CLP por pessoa)

TOUR MARQUES DE CASA Y CONCHA: Além das atrações do Tour Tradicional, conta também com mais 4 degustações de vinhos premium guiadas por um sommelier e tábua de queijos finos, que também fica como presente para o visitante.

(Duração: 1 h e 30 min./ Custo: $17000 CLP por pessoa)

TOUR EXPERIÊNCIA DON MELCHOR:  Inclui todas as atrações do tour tradicional, recepção com espumante no Wine Bar, visita ao interior da Casona e degustação de diferentes safras de Don Melchor acompanhado de pratos finos.

(Duração 2 h e 30 min./ Custo: $67000 CLP por pessoa)

20131025_160007

RESERVAS: Para o tour tradicional e o Marques de Casa y Concha, é necessário fazer o agendamento com 24 horas de antecedência pelo próprio site da empresa. Já o Experiência Don Melchor só é realizado se agendado por telefone com no mínimo 7 dias de antecedência.

COMO CHEGAR: Pegar o metrô ($ 650 CLP) da Linha Azul até a estação Puente Alto. Logo na saída do metrô você pode pegar um táxi, que deve custar uns $2000 CLP no máximo até a vinícola, que já está bem perto ou um microônibus (Metrobus de linhas N73, 80 ou 81/ Tarifa: $500 CLP) que te deixa na porta (é necessário pedir ao motorista para te deixar na Concha y Toro, pois não há ponto de ônibus próximo).

Engenheiro Bioquímico por formação, Carioca por vocação, 30 anos. 11 em cada 10 sonhos seus envolvem nomadismo e lugares pouco convencionais ao redor do mundo. Uma hora ele acaba realizando.